Novela (que podia ser mexicana) com um número infindável de episódios e protagonistas a mais, vendida em pacotes económicos aos países do leste europeu. Enredo muito intrincado, malfeitores qb, doses exageradas de sacanices, facadas nas costas e muitas figurantes com língua de porteira. A única coisa que vale a pena no meio desta salganhada toda?! A protagonista, que interpreta este argumento sem mudar uma vírgula... ou não fosse isto a sua vida.

quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

Acabaram-se as festinhas

Depois de 3 meses, muitas sessões de sim e não, tomba cabeça e espreitadelas (exercícios na piscina) mais ultra-sons, massagens e calores húmidos... eis que chegou ao fim a fisioterapia.
Dois ciclos de 12 tratamentos cada, muitos ais e uis, tantas eram as contracturas, muito boa disposição, gargalhadas, mais uns ais (que me queimaram os ombros sem eu dar por isso, tal é a minha resistência à dor...) e menos 600 euros na conta.
E no fim dizem-me "cuida-te e tem juízo" e toma lá um beijo na testa e um sorriso rasgado.
Hoje vou a um osteopata pedir uma segunda opinião. Pode ser que me safe a 3 sessões de fisioterapia por ano. Nunca se sabe.

2 comentários:

Consultório de Osteopatia disse...

Procure um osteopata credenciado e... boa recuperação

Maria Feliz disse...

Obrigada pelo conselho. Foi o que fiz e correu lindamente:)