Novela (que podia ser mexicana) com um número infindável de episódios e protagonistas a mais, vendida em pacotes económicos aos países do leste europeu. Enredo muito intrincado, malfeitores qb, doses exageradas de sacanices, facadas nas costas e muitas figurantes com língua de porteira. A única coisa que vale a pena no meio desta salganhada toda?! A protagonista, que interpreta este argumento sem mudar uma vírgula... ou não fosse isto a sua vida.

terça-feira, 11 de novembro de 2008

Pronto, pronto!

Peguem lá o blog de volta... Assim com'ássim, isto sem vocês* não tinha metade da piada!

* aka o Roque e a Amiga :-)

10 comentários:

Mad disse...

HUMPF!




























































P'ra que conste, ainda vou estar de trombas uns tempos.

Mad disse...

Só p'ra dizer que ainda não passou.

Mad disse...

Mas nem nada que se pareça!

Mad disse...

E que, se não os "gashnon", "leviders" e "ityrews", postava aqui mais 237 comentários só p'ra chatear!

Maria do Desassossego disse...

Que é feito dos outros 3 comentários?!

Maria do Desassossego disse...

Ahhhh!
Boa técnica, óh gaija que amua:-)

João Paulo Cardoso disse...

Yupi!!
A porteira deixou-me passar!!

E cá estou eu pronto para a fiesta!!

Vou desbundar pelos cantos da nova casa e depois voltarei a comentar um dia destes.
Se estiver sóbrio.

Beijos, sorriso da manhã.

Mad disse...

Ena, isto tá-se a ompôr! Tá munto mai lindo. O outro cor-de-rosa era um bocadinho desmaiadito, mas este sissinhôra!

Por amor de Deus, TIRA- A PORRA DA VERIFICAÇÃO DE PALAVRAS! Não achas que é melhor receber um spamzito de vez em quando do que nos sugeitares a esta tortura???????

Mad disse...

Ihhhhh, as asneiras...! A culpa é da verificação de palavras!

E fieri o caraças!

Maria do Desassossego disse...

Miga,
Já está! Mas foi só por que disseste que o meu blog está "munto mai lindo"...

Beijos