Novela (que podia ser mexicana) com um número infindável de episódios e protagonistas a mais, vendida em pacotes económicos aos países do leste europeu. Enredo muito intrincado, malfeitores qb, doses exageradas de sacanices, facadas nas costas e muitas figurantes com língua de porteira. A única coisa que vale a pena no meio desta salganhada toda?! A protagonista, que interpreta este argumento sem mudar uma vírgula... ou não fosse isto a sua vida.

quinta-feira, 13 de novembro de 2008

Shê quê?



Comprei uns destes. O dono da loja fartou-se de gozar comigo porque eu disse "shleckers" em vez de "sketchers" (não têm "t" mas é assim que se lê). Enfiei na mona que é shleckers e agora não consigo dizer outra coisa...

E enquanto o gajo gozava o prato e dizia "Óh doutora, nem parece seu, eh eh eh". Eu pensava... cala-te lá e faz-me mas é o desconto!
Ahhh... são hiper-confortáveis, de seu nome 'bigtime' (!) e são UMA das minhas prendas de anos.

6 comentários:

Mad disse...

Pretos? Nem parece teu.

Maria do Desassossego disse...

Conheces-me tãaaaaaao bem desgraçada!

João Paulo Cardoso disse...

Sempre são mais bonitos que os crocs, embora mais complicados de pedir, eh, eh!

Beijos e bom fim de semana.

Passo a passo.
Ou a correr.
E pontapé em quem merecer.

João Paulo Cardoso disse...

Ah, desculpa lá o comentário do outro dia.

Foi uma tentativa frustrada de fazer humor com um spam...

Beijos.

Maria do Desassossego disse...

'Tás desculpado:-)

Beijo e bom fim-de-semana.

E não andes aos pontapés a ninguém que já não tens idade para isso ;-)

JOAO MARIA disse...

AHAH!!fartei me de rir
tambem troco 9 em dez palavras