Novela (que podia ser mexicana) com um número infindável de episódios e protagonistas a mais, vendida em pacotes económicos aos países do leste europeu. Enredo muito intrincado, malfeitores qb, doses exageradas de sacanices, facadas nas costas e muitas figurantes com língua de porteira. A única coisa que vale a pena no meio desta salganhada toda?! A protagonista, que interpreta este argumento sem mudar uma vírgula... ou não fosse isto a sua vida.

terça-feira, 25 de novembro de 2008

Só comigo (continuação!)

E então agora não me aparece uma parvalhona, a pedir para tirar a foto da bebé dela com o Pai Natal do cartaz do Pai Natal???
E porquê, perguntam vocês? Não, não é porque ela não quer e ninguém lhe pediu (que até teria lógica).
É mesmo porque uma vizinha dela, que é bruxa, já viu a foto da menina e diz que está muito linda e ela ficou muito assustada porque essa vizinha faz bruxedos aos meninos e eles ficam doentes...
Ah pois claro! Retira lá a foto da menina, faz favor, que a malta aqui não quer cá complacências com bruxas.
Depois dos mitras, das meninas da vida e dos agarrados ao vício, só me faltavam agora as bruxas.
Eu mereço!
PS: Eu não digo que a minha vida é uma festa??? Vocemessês não se m'acreditam!!

7 comentários:

Anónimo disse...

Amiga, quanda uma tem o que merece!!!

diogo disse...

Eu rebolo-me a rir com as tuas histórias do work. Mas ouve lá... de certeza que isso é um centro comercial? E não é aquele ali em Alvalade que tem um muro cor-de-rosa e muitas árvores e muitas casinhas dentro do muro?

Mad disse...

Porra, que não é o Diogo. Mania de não fazer logout!!!

Maria do Desassossego disse...

Diogo/Mad :-)

Não! É mesmo isto!!! Isso de que falas é qq coisa da saúde, né? Onde internam os tontinhos... Sabes, que eles às vezes soltam-nos e eles vêm todos para cá. O resultado está à vista!

Beijos

Maria do Desassossego disse...

Anónimo/a,

Já que é para aparecer e fazer comentários menos simpáticos, agradece-se mais cuidado com a gramática, ok:-)

A malta gosta da rambóia e da palhaçada, mas não dá erros.

Muita agradecida

Maria do Desassossego disse...

AH... o "muita agradecida" não foi erro, foi de propósito.

Fica o esclarecimento.

Mad disse...

LOL! Imbrulha!