Novela (que podia ser mexicana) com um número infindável de episódios e protagonistas a mais, vendida em pacotes económicos aos países do leste europeu. Enredo muito intrincado, malfeitores qb, doses exageradas de sacanices, facadas nas costas e muitas figurantes com língua de porteira. A única coisa que vale a pena no meio desta salganhada toda?! A protagonista, que interpreta este argumento sem mudar uma vírgula... ou não fosse isto a sua vida.

segunda-feira, 29 de outubro de 2007

Definição fantástica

No seguimento das "pérolas de fim-de-semana"... faltou esta.
Ela: "Estão a ouvir os badalos? Andam por aí cabras."
Mais nova, com ar de espanto: "Cabras?!"
Ele: "Sim, cabras. Sabes o que são cabras, não sabes?"
Mais nova: "Sei! São pessoas más!"

6 comentários:

JP disse...

Se as cabras são pessoas más, as ovelhas serão então as pessoas boas.

E a carneirada, pessoas nem boas nem más, que seguem ou pessoas boas, ou pessoas más.

Acho que isto já são as saudades de fazer o presépio, não sei...

Rosa Maria disse...

Ai como fiquei melancólica!
Trouxeste-me à memória as férias que eu passava na minha Beira Alta.
Nesse tempo não havias doenças nos animais, a alimentação era saudável, e eu bebia leite de cabra.
Por alguma razão o chèvre ainda é um dos meu "fromages" preferidos.

Boa semana

FL disse...

JP,

Já não tens muito que esperar. Em menos de dois meses está aí o Natal. Podes começar a tirar as caixas do sotão... e a preparar a decoração não tarda nada:-)

Beijos

Tia Rosa,

Se tivessemos levado um baldinho, não saímos de lá sem trazer leite fresco... E não me fale em queijo que fico já a salivar!

Beijocas grandes

JP disse...

Florita, que boa ideia começar já a tirar as coisas do presépio!

Isso deu mais um delírio da minha parte lá naquele sítio mítico, "O Eldorado".

Ora vai lá ver.

Beijos.

Mad disse...

Tu não me digas que não sabias o que eram caganitas de cabra (no riba e no alentejo conhecidas por "catotas")!!!

Beijos aos 5. E vê lá se tiras as letrinhas checas de uma vez!

FL disse...

Miga,

Mim alfacinha de gema... Só não estava convencida que o leite vinha do pacote porque sou uma miúda minimamente inteligente!

Beijos

PS: Eu gosto das letrinhas!