Novela (que podia ser mexicana) com um número infindável de episódios e protagonistas a mais, vendida em pacotes económicos aos países do leste europeu. Enredo muito intrincado, malfeitores qb, doses exageradas de sacanices, facadas nas costas e muitas figurantes com língua de porteira. A única coisa que vale a pena no meio desta salganhada toda?! A protagonista, que interpreta este argumento sem mudar uma vírgula... ou não fosse isto a sua vida.

sábado, 18 de agosto de 2007

Cozinhados

Cá em casa dizem que ando inspirada... A pequena saiu-se com um "fazes tudo maravilhoso".
Pois. Ficam as imagens das últimas produções, que incluem porta-chaves em feltro.







6 comentários:

rosa maria disse...

Olá fl

Mas quem é que disse que a juventude de agora já não é o que era dantes?
Fazes coisas lindas e com imensa imaginação, se eu não fosse cota de certeza que seria tua cliente.

rm

FL disse...

Tia Rosa Maria

Para sua informação, uma das minhas melhores clientes é da sua geração! Cota?! Sabe muito melhor que eu que a idade está no espírito!:-)

Beijocas

Anónimo disse...

Eu bem lhe digo, mas ela nao se enxerga!

nf

FL disse...

NF,

Óh pá! Agora chamas-me cegueta, é?

Brutal disse...

Realmente inspirada. Até eu já gosto dessas coisas meio apaneleiradas :-)

ouropqi (ouro por aqui? curioso...)

FL disse...

Casco,

Qualquer dia ainda me dizes que fazes trancinhas e compras ganchinhos e malinhas...