Novela (que podia ser mexicana) com um número infindável de episódios e protagonistas a mais, vendida em pacotes económicos aos países do leste europeu. Enredo muito intrincado, malfeitores qb, doses exageradas de sacanices, facadas nas costas e muitas figurantes com língua de porteira. A única coisa que vale a pena no meio desta salganhada toda?! A protagonista, que interpreta este argumento sem mudar uma vírgula... ou não fosse isto a sua vida.

quinta-feira, 2 de agosto de 2007

Hum?! Hã?!...

Isto hoje não está lá muito famoso.

A manhã até parecia bem encaminhada. Levei uma buzinadela de uns trolhas simpáticos. E não foi nenhuma reclamação com a minha forma de conduzir… eu ia a pé. Devem ter sido as calças brancas de linho … se calhar fizeram-lhes lembrar a cal e as tintas.

Entretanto, em 10 minutos já me baralhei de tal forma que chegava para uma semana.

Estou numa de Dori. Perda de memória recente? Distraída? Acelerada? É por aí. Só me falta começar a falar balaiês.

De tal maneira que o Sr. Stress há pouco olhou-me com um ar paternalista e perguntou “Já experimentaste Lexotan? Ou alguma coisa que tire esse “nervoso miudinho???! Uns dois ou três Valdispert logo de manhã... que dizes?

Pronto, tenho sérias dúvidas se o tal ar seria mesmo paternalista ou de gozo.

Tenho 1001 coisas em que pensar, outras tantas que fazer… Mas não me estou a queixar! Isto é só um desabafo. Afinal, vou de férias. Não podia estar mais bem disposta. Por acaso, até podia, mas isso agora não interessa nada.

Mas já tive a minha revenge: o Sr. Stress acabou de enviar um e-mail ao supra sumo cá do burgo… com a minha assinatura. Foi bonito. Gosto tanto quanto me torturam os miolos por “merdas” e depois se esticam pelas mesmas coisas.

Mas isto hoje vai ser um dia comprido…

6 comentários:

João Paulo Cardoso disse...

E pensar que a manhã tinha começado com um Festrolha...

FL disse...

JP,

Nem tudo está perdido. O Sr. Stress já está a gritar outra vez, pelo que se adivinha uma tarde maravilhosa:(

Beijos

Brutal disse...

Cara Dori,
É sempre um prazer rever-te.

diagweu

FL disse...

Caro Casco,

Não querias dizer "ler-te"?
Ou estavas a falar mesmo da Dori?

Quem és tu? O que é que estás aqui a fazer?!:)

Beijos
PS: essa coisa de escreveres sempre a "word verification" um dia ainda vai dar para rir...

yrlkok para ti também:)

kiko b disse...

quem me dera estar com o stress de ir de férias, era bom sinal..

FL disse...

Kiko,

Olha que inveja é feio. E faz rugas;)

Beijos