Novela (que podia ser mexicana) com um número infindável de episódios e protagonistas a mais, vendida em pacotes económicos aos países do leste europeu. Enredo muito intrincado, malfeitores qb, doses exageradas de sacanices, facadas nas costas e muitas figurantes com língua de porteira. A única coisa que vale a pena no meio desta salganhada toda?! A protagonista, que interpreta este argumento sem mudar uma vírgula... ou não fosse isto a sua vida.

quarta-feira, 26 de setembro de 2007

Out of Office

Vêm aí as últimas férias do ano. Depois disto só mesmo os feriados me hão-de valer...

Estes dias vão servir para acumular forças para o que aí vem. Só posso adivinhar que não vai ser bonito.

Não gosto de clichés e frases feitas, mas só me apetece dizer coisas como "isto contado, ninguém acredita" e "a gente pensa que isto só acontece aos outros".

Protecção. Preciso de proteger os meus. Não vai ser fácil, não vai ser "canja", mas vai resolver-se. Eu sei que vai. Tenho uma convicção brutal de que assim será, porque é assim que tem de ser.

Não tenho só a razão do meu lado. Tenho TUDO.

Até para a semana.

Ahh... a foto? É o Cascóis! Quem é ele? Devem ter muito a ver com isso, devem!

5 comentários:

Brutal disse...

Brutal é mesmo o termo mais apropriado para definir a convicção.
Com um pouco de calma e paciência tudo se resolve.
Até para a semana. Volta retemperada e diverte-te.
Beijo Brutal

FL disse...

Brutal,
:-)

Beijo grande

NullFame disse...

Nao ha muito misterio.

Ele ate ja comenta!

E se duvidas restassem, as tags dao uma ajudinha.

Boas ferias.

nf

FL disse...

NF,

Olha, olha... tiraste férias? Ou isso é tudo trabalho?

Ninguém disse que havia mistério.

Eu sempre gostei de etiquetas. Agora até tenho uma na testa. Diz "FELIZ" e está assinada pelo Homem da minha vida:-)

Mad disse...

Vá, conta mais coisas... eu já tenho umas quantas para te contar. Mas se calhar conto-te em pessoa! Boa?
;D