Novela (que podia ser mexicana) com um número infindável de episódios e protagonistas a mais, vendida em pacotes económicos aos países do leste europeu. Enredo muito intrincado, malfeitores qb, doses exageradas de sacanices, facadas nas costas e muitas figurantes com língua de porteira. A única coisa que vale a pena no meio desta salganhada toda?! A protagonista, que interpreta este argumento sem mudar uma vírgula... ou não fosse isto a sua vida.

sexta-feira, 11 de janeiro de 2008

O jantar de ontem

Só mesmo tu para me fazeres furar a minha dieta. E eu que ia tão bem lançada!

Ainda íamos bem na saladinha de queijo fresco com tomate. O pior foi a tábua de queijos, o paio e o presunto e o raio do paté de azeitonas. Filho da mãe estava de comer e chorar por mais. A receita foi tirada da agenda do Assírio & Alvim que o meu mano deu ao meu amor. Preocupado com a vida do cunhado, tem medo que ele se dê mal com os meus cozinhados e vai daí, toma lá uma agenda com uma receita por dia…

À conta do coxear da amiga, lá tive de a ir buscar a Sintra. IC19 em hora de ponta é uma coisa assustadora. Dei por mim a pensar “será que esta gente é feliz?!”. Horas no trânsito, dias seguidos, anos a fio…

Voltando ao jantar. É obvio que estava tudo delicioso. Lá em casa a malta trata-se bem, ainda para mais quando vêem amigos que a gente sabe que gostam de comer bem.

Aquela garrafita de Muralhas, descoberta à última da hora no frigorifico, caiu que nem ginjas, não foi? E sim, eu sei que não me calo um segundo, monopolizo as conversas todas e sou uma chata do caraças. Mas foi assim que me conheceste e eu já não mudo, certo?

Conversa posta em dia (do meu lado, pelo menos) muita galhofa, muita parvoíce. Mas o que fez quase ir lágrimas foram as histórias hilariantes dos nossos compatriotas que andam (ainda) por terras de Vera Cruz.

A família Lina, Azevedo & Pinguinhos (não esquecer que foste TU que baptizaste o Domingos com essa linda alcunha) sempre foi sui generis. Pena que o sui generis sempre lhes deu para o lado negativo… óh gentinha.

Mas isso é material para outro poste, já a seguir.

Quanto ao jantar, fantástico. Pela companhia sobretudo. E nunca te esqueças: és a única pessoa autorizada a fumar lá em casa. E olha que é um privilégio do caraças, hum?

2 comentários:

Mad disse...

Olha pois foi, esqueci-me do queijo fresco com tomate... sabes como é, eu só como coisas levezinhas, por isso é natural que me tenha esquecido de uma entrada tão pesada ;)

O que a gente riu com as actualizações da vida do trio de Bila do Quonde Carago!!! Só espero que o Pinguinhos não leia isto. Não lê, que ele não sai dos sites pornográficos de marinheiros musculosos e peludos vestidos à Village People. LOL!

E quanto aos privilégios, é assim: quem quer amigos bons, cultiva-os. Tu também deves a única pessoa no mundo com incontinência verbal que eu aturo com prazer!

Flora disse...

Essa dos sites pornográficos! LOL, LOL, LOL!!!

Pára com essas piadas, que eu tenho de manter um ar sério e compenetrado!

Beijos