Novela (que podia ser mexicana) com um número infindável de episódios e protagonistas a mais, vendida em pacotes económicos aos países do leste europeu. Enredo muito intrincado, malfeitores qb, doses exageradas de sacanices, facadas nas costas e muitas figurantes com língua de porteira. A única coisa que vale a pena no meio desta salganhada toda?! A protagonista, que interpreta este argumento sem mudar uma vírgula... ou não fosse isto a sua vida.

quinta-feira, 18 de dezembro de 2008

Aceitam-se sugestões

Malta que me aconpanha, preciso das vossas precisosas opiniões e dicas.
Por motivos que não vêm ao caso, tenho de passar esta noite em branco. E não tenho muito para fazer. Não posso mesmo dormir, pelo que vou ter me manter ocupada para não adormecer.
Já está programada uma maratona de trapilho... e tudo o mais que me apetecer: anéis, bolsinhas, pulseiras, etc., etc... Mas a minha pareceira para esta jornada (Mummy) é versada em adormecer a meio de qualquer coisa... como a jogar computador, por exemplo! Por isso, já estou a vê-la, lá para as 4h da matina, a adormecer de alicate em punho.
Assim, e sem companhia... não sei bem o que fazer, porque, cansada como ando, nem um bom filme me vai manter acordada.
Sugestões? Muit'agradecida!
Nota à posteriori: diz a Mad, às 11h da noite "não queres cá DORMIR, NÃO?" !!!!!!!!!

6 comentários:

João Paulo Cardoso disse...

Podes sempre ir ao blogue "O Eldorado"...

...procurar na coluna do esquerda "Mapa do Eldorado"...

...clicar em "AnimaVerão"...

...e recordar com textos engraçadíssimos e velhos vídeos, os melhores desenhos animados da nossa infância.

Para ler em voz alta e ouvir em altos berros lá para as quatro da manhã, tendo a acompanhar um chocolatinho quente.

Hum? Que tal?

Também podes fantasiar com o meu corpo nu.

Garanto que perdes o sono.

Beijos :)

Ervi Mendel disse...

Anfetaminas!

Uma vez que nunca ninguém segue os bons conselhos há que ter más ideias!

Maria do Desassossego disse...

JP,

Já perdi o sono!!!! Gracias. E não precisavas de ser tão específico:-)

Beijos, na testa

Ervi,

Não posso. Larguei as drogas, lembras-te? 'Brigadinha na mesma.

Mad disse...

Foi um bocadinho indelicado da minha parte, concordo, eh eh eh. E foi indecente não te fazer companhia mais umas horinhas, mas o que é que queres? Estavas a morrer de sono, que a malta normalmente deita-se CEDO.

Bj e obrigada pelo presente de Natal, que é lindo.

Mad disse...

*estava

Mad disse...

Pronto, morreu de privação do sono e ninguém me avisou!