Novela (que podia ser mexicana) com um número infindável de episódios e protagonistas a mais, vendida em pacotes económicos aos países do leste europeu. Enredo muito intrincado, malfeitores qb, doses exageradas de sacanices, facadas nas costas e muitas figurantes com língua de porteira. A única coisa que vale a pena no meio desta salganhada toda?! A protagonista, que interpreta este argumento sem mudar uma vírgula... ou não fosse isto a sua vida.

terça-feira, 23 de dezembro de 2008

Marias e Manéis... Feliz Natal!!!!

Bacalhau com todos, lampreia de ovos, peru recheado, tronco de Natal, muitooooos cuscurões, chocolates à parva, diversos copitos de medronho com mel... Porque há quem diga que o Natal é quando um homem quiser, mas nós lá em casa só o fazemos uma vez por ano! E à grande.

Para todos, os conhecidos, os desconhecidos que me conhecem muito bem, os amigos, os assim-assim e os outros também: um Santo Natal, quentinho e terno, como se quer!

3 comentários:

Pedro Viegas disse...

Considero-me um desses... e aceito um medronho com mel para brindar contigo e todos aqueles que partilham este espaço, com votos de FELIZ NATAL, SAUDE E MUITA FELICIDADE.

JP

João Paulo Cardoso disse...

E agora, para algo completamente diferente... outro JP!!!
Ou seja... eu!

Era para desejar um Feliz Natal para ti, para a Kel, para a blogueira senior que tem a paciência de ser tua mãe, enfim, para todos os que mais amas.

Beijos.
JPC

P.S: E já agora um Bom Natal para o bebé rechoncho do vídeo que tem um narizinho do género "Try Me".

Eu já experimentei... clica-se no nariz dele, naquele botãozinho do Play e... ouve-se música!!
Genial!

O que é que vão inventar a seguir?

Maria do Desassossego disse...

Pedro,

Obrigada. Tudo de bom para ti:-)

JP,

Beijos grandes para o meu melhor amigo virtual:-)