Novela (que podia ser mexicana) com um número infindável de episódios e protagonistas a mais, vendida em pacotes económicos aos países do leste europeu. Enredo muito intrincado, malfeitores qb, doses exageradas de sacanices, facadas nas costas e muitas figurantes com língua de porteira. A única coisa que vale a pena no meio desta salganhada toda?! A protagonista, que interpreta este argumento sem mudar uma vírgula... ou não fosse isto a sua vida.

quinta-feira, 8 de janeiro de 2009

O blog fez 2 anos

Acho que foi na 3ª feira. Mas como eu não gosto especialmente de terças-feiras, passei adiante.
Eu quero mais é escrever o que me vai na alma. Os disparates que me assolam diariamente, os filmes da minha vida, as novelas do meu dia-a-dia. Os sonhos, os medos, as angústias e as esperanças. As coisas boas, as más e as assim-assim.
Marinbando-me para o que pensam os que nada me dizem, atenta ao que pensam os que me são importantes.
O resto? O resto é peanuts.

6 comentários:

Margarida disse...

Primeiras!!!!


Parabéns!!!


:)

Ervi Mendel disse...

Segundas!!!

Sou seguidor há pouco tempo, mas fiel como o bacalhau.

Parabéns pelos dois anos de desassossego!

Maria do Desassossego disse...

Margarida,

Obrigada:-)
E volta sempre!

Ervi,

E agora que somos amigos no agáicinco, tudo muda de figura;-)
Beijos

Anónimo disse...

Parabens!

O bacalhau tb tem hi5?

nf

Mad disse...

Bolas, que não gosto de chegar atrasada a festa nenhuma. Parabéns, miúda.

João Paulo Cardoso disse...

Muitos parabéns pelos 2 anos da Fiesta que se prepara Devagar mas com Confiança.

Não há Fiesta como... iesta!

Um bom fim de semana e desculpa lá os abusos lá na tasquinha.

Tirando o post e ... oops!... a resposta ao comentário, não volta a acontecer.

Beijos.