Novela (que podia ser mexicana) com um número infindável de episódios e protagonistas a mais, vendida em pacotes económicos aos países do leste europeu. Enredo muito intrincado, malfeitores qb, doses exageradas de sacanices, facadas nas costas e muitas figurantes com língua de porteira. A única coisa que vale a pena no meio desta salganhada toda?! A protagonista, que interpreta este argumento sem mudar uma vírgula... ou não fosse isto a sua vida.

quarta-feira, 14 de janeiro de 2009

A pergunta que se impõe

E diz ela:

:: Tenho um date.

E a amiga pergunta:

:: A que horas?

E diz ela... Não querias antes perguntar "com quem?" ?!?

:: Ah... pois!


Conclusão: Eu sou loira, mas são só umas nuances. A minha amiga é muito mais.

11 comentários:

Anónimo disse...

Eu pergunto!
Com quem?

Maria do Desassossego disse...

Eu respondo!
Deves ter muito a ver com isso:-)

Anónimo disse...

Má!
Mas tudo bem, achei graça e resolvi perguntar.
Tem algo a ver com os "etiquetados"?
Tiveste sorte :-), ou melhor, alguém teve/terá sorte!
Kiss

Maria do Desassossego disse...

ó Anónimo(a) - que esta xiça não identifica géneros...

Que mania de quererem saber tanto quanto eu! A ver se organizam, ok?

Tipo:
Anónimo 1 - eu sou parvo
Anónimo 2 - eu sou palhaço
Anónimo 3 - eu sou curioso e faço perguntas parvas
Anónimo 4 - ...

e assim por diante.

É que senão eu não dou conta de vocês todos!!!

E já agora... A pergunta que se impunha agora era se o date correu bem, boa?

Ficas sem saber. Que eu sou mesmo má!
E quando sou má, sou tãaaaaao boa:-)

LOL
e volta, ok?

Anónimo disse...

Ahhh!! :-)
Já decorreu o date?!
Admito, sou o anónimo curioso e fã deste teu "diário".
Quero saber apenas o que quiseres contar: já decorreu, correu bem,etc.
Aceito que nada digas.
E voltarei sempre que puder!
Kiss

Maria do Desassossego disse...

Bom, se és fã, eu conto-te mais uma coisinha: eu não respondo a comentários anónimos, mas fui com a tua cara(!).

Volta, volta.
Que pode ser que eu conte alguma coisa. Ou não.

Anónimo disse...

Combinado.
Vou aparecendo sempre que puder.
Já agora, prazer, sou o Carlos.
Anónimo apareci, anónimo continuarei.
E continuarei, também, a deliciar-me com as tuas peripécias aproveitando, ainda, para te dar os parabéns pelas notas do teu rebento.

Maria do Desassossego disse...

Obrigada Carlos!

E volta sempre. És bem vindo:-)

Anónimo disse...

A meio de um café venho informar-te que continuo curioso, mas sem fazer perguntas parvas :-)!
É, não mais, do que um estado de espírito.

Nota: Tréguas na guerra contra os advogados da praça!
kiss C.

Maria do Desassossego disse...

Carlos,

Sorry. É demasiado cedo para te saciar a curiosidade.

Vai aparecendo.
Obrigada

Anónimo disse...

Combinado!
Mas informo que estou deveras triste.
Já ensopei aqui uma resposta que tinha acabado de imprimir.
Kiss C, muitíssimo curioso,cada vez mais.
Nota: torço que tenha corrido pessimamente :-)