Novela (que podia ser mexicana) com um número infindável de episódios e protagonistas a mais, vendida em pacotes económicos aos países do leste europeu. Enredo muito intrincado, malfeitores qb, doses exageradas de sacanices, facadas nas costas e muitas figurantes com língua de porteira. A única coisa que vale a pena no meio desta salganhada toda?! A protagonista, que interpreta este argumento sem mudar uma vírgula... ou não fosse isto a sua vida.

segunda-feira, 19 de janeiro de 2009

Vamos por partes

:: O curso que era suposto começar para o mês que vem, foi cancelado. Soube há pouco. Porque a crise é grande e as inscrições eram poucas. E eu a pensar que ía ser o máximo, enriquecer currículo, ver caras novas e arejar... Pois sim, não querias mai'nada!

:: O julgamento foi adiado. Porque o cigano roeu a corda à última da hora, virou o bico ao prego e não fez o que estava acordado. Agora vai ter se marcar nova data. E esta espera (de anos) mata-me aos poucos! Nunca mais me livro disto...

:: O rato avariou (problema menor, comparado com os outros). Mas que me irrita até à medula. Não me ajeito com esta coisa que está abaixo do teclado, da qual nem o nome sei... Pareço uma atrofiadinha a correr atrás da put@ da seta.

E chove como o caraças!

Enfim, dias melhores virão. Amanhã tenho consulta com aquele médico teimoso, que não faz caso do que eu lhe digo, quarta-feira começo a aeróbica, e talvez um dia destes me dê conta que já é primavera.

4 comentários:

João Paulo Cardoso disse...

É isso mesmo!

Que venha a Prima Vera, de saia curta e aquele delicioso encanto com que devora gelados de morango.

Estou farto deste tipo sisudo, de gabardina cinzenta, que insiste em assombrar as tardes frias.

Beijos.

Maria do Desassossego disse...

JP,

Ao menos tu ainda me vais alegrando as manhãs e/ou as tardes (é conforme) com os teus escritos fabulosos:-)

Beijos

Anónimo disse...

touchpad

nf

Maria do Desassossego disse...

nf,

Meu querido diccionário bilingue:-)

Obrigada migo.

Beijo